Notícias

09/10/2012BRASILEIRO DE MOTOCROSS - Hector Assunção é campeão da MX2

Piloto Honda administra vantagem e fecha campeonato em primeiro lugar

Hector assumiu a liderança da competição após a terceira etapa, em Foz do Iguaçu (PR). Com isso, o paulista de Jandira precisou apenas administrar aos pontos acumulados durante a temporada para ser campeão. "Estou muito feliz e aliviado com esse título. Cheguei à final com uma boa vantagem e procurei fechar as duas baterias sem cometer grandes erros e quedas. Intensifiquei os treinos nas últimas semanas para vir para essa final com físico, equipamento e cabeça preparados para a disputa", explicou o campeão da MX2.

A Honda também encerra o Campeonato Brasileiro de Motocross com o título na categoria Júnior (180cc) para o satélite Gustavo Pessoa (#117), da Itamaracá One Industries, e com dois vice-campeões: Adam Chatfield (#407), da Ipiranga IMS, na MX1 e Fábio dos Santos (#87), da Dunas Team, na Júnior (150cc).

Resumo das corridas

MX2 - Na primeira bateria, Hector Assunção largou um pouco atrás, mas à frente de Dudu Lima (#2), seu principal concorrente. Durante a corrida, Hector e Dudu subiram posições. No final, Hector terminou em quinto e Dudu, em quarto. A vitória ficou com Carlos Eduardo Franco (#317). O piloto satélite Honda Sean Lipanovich (#505), da LS Racing, fechou em terceiro. 

Na corrida final, Hector largou em terceiro. No erro de Lipanovich, o piloto Honda chegou a assumir a segunda colocação, porém acabou perdendo posições e caiu para o quinto lugar. Com isso, Hector administrou a vantagem acumulada e garantiu o campeonato na categoria. Thales Vilardi (#27), também da Equipe Honda Mobil, terminou a bateria final na terceira colocação. Novamente, Carlos Eduardo Franco cruzou em primeiro a linha de chegada. 

MX1 - O satélite Honda Adam Chatfield (#407), da Ipiranga IMS, e Carlos Campano (#115) largaram lado a lado na primeira corrida. O inglês andou na frente nas primeiras voltas, mas ainda no começo da bateria, o espanhol assumiu a liderança e foi assim até o final. Chatfield ficou em segundo. Leandro Silva (#14) terminou a prova na quinta colocação.

Na segunda corrida, Chatfield começou bem, abrindo vantagem para os demais pilotos. Jorge Balbi ultrapassou o inglês e venceu a prova. Chatfield terminou em segundo a bateria e na classificação final do campeonato. O título ficou com Campano.

Wellington Garcia (#21) sofreu uma torção no tornozelo durante o treino classificatório e não disputou as corridas.

Júnior (150/180cc) - Boa largada de Fábio dos Santos (#87), da Dunas Team, porém ainda no começo o paulista de Jarinu perdeu a liderança da corrida para Kioman Muñoz (#199). Fábio fechou a corrida e o campeonato em segundo. Quem levou o campeonato foi Enzo Lopes (#92). 

A Equipe Honda Mobil tem apoio da Mobil, Pirelli, Oakley, Fox, Did, Protaper, Polisport, Orbital, Yoshimura e Galfer.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO

MX2

1º Hector Assunção - 303 pontos
2º Dudu Lima - 293 pontos
3º Anderson Amaral - 280 pontos
4º Thales Vilardi - 241 pontos
5º Leonardo Lizott - 227 pontos

MX1

1º Carlos Campano - 345 pontos
2º Adam Chatfield - 337 pontos
3º Jorge Balbi Junior - 298 pontos
4º Leandro Silva - 280 pontos
5º Wellington Garcia - 247 pontos

Júnior - 150cc

1º Enzo Lopes - 184 pontos
2º Fábio dos Santos - 178 pontos
3º Kioman Muñoz - 148 pontos

Júnior - 180cc

1º Gustavo Pessoa - 170 pontos
2º Yan Machado - 138 pontos
3º Matheus Souza - 122 pontos

Fonte: x321